29 de novembro de 2016

A princesa "grão de ervilha"...


"Certo príncipe, por mais que procurasse, não encontrava esposa adequada entre as muitas princesas do mundo. Porém, numa certa noite de tempestade, uma moça foi bater à porta do palácio para pedir abrigo. Disse que era filha de um rei. Em vista disso, a rainha-mãe quis preparar-lhe a cama com as suas próprias mãos e colocou debaixo dos vinte colchões e das vinte almofadas onde a princesa deveria deitar-se, um pequeno grão de ervilha.
Na manhã seguinte, a rainha-mãe entrou no aposento da jovem e perguntou-lhe como tinha passado a noite.

-Oh, Majestade! exclamou a princesa. Não consegui dormir a noite inteira, porque, na cama, havia alguma coisa dura que me incomodava horrivelmente.

Ao ouvir isto, a rainha-mãe abraçou a princesa, comovida e contente por ter, enfim, encontrado uma esposa digna do príncipe, seu filho. E, realmente, nenhuma outra princesa, por mais delicada e sensível que fosse, teria podido perceber aquele grãozinho de ervilha colocado debaixo de tantos colchões e almofadas. O casamento celebrou-se dias depois, com muitos festejos."

A princesa e a Ervilha,
Hans Christian Andersen


Bem, tenho que inspeccionar minuciosamente debaixo do meu colchão...Às tantas está lá a causa destas minhas prolongadas e irritantes dores nas costas! ahahah

(Dedicado à minha princesa "grão de ervilha" :)…

….sempre princesa, mas cada vez menos grão de ervilha! 💜)

Sem comentários:

Enviar um comentário