24 de janeiro de 2016

Em dia de eleições!...

Imagem de arquivo retirada do Google


Este não é um “post” com intenções políticas e muito menos para falar sobre os candidatos às presidenciais, mas sim escrito motivado por um estado de espírito, o meu!

Acordei desmotivada e com a desculpa de que as minhas tendinites não me tinham deixado descansar bem durante a noite. Vesti-me de gata borralheira e fiquei a arrastar-me pela casa. Tinha coisas importantes para fazer. A roupa no cesto pedia urgência no trato. O chão estava uma lástima. Os móveis a pedir pano do pó. Como podia eu desperdiçar tempo a sair de casa? E foi com este sentimento de dever de dona de casa que pensei em todas aquelas mulheres que durante décadas tanto lutaram, para que hoje eu tivesse o direito de votar.

Lembrei-me da longa fila, nas primeiras eleições livres após a revolução do 25 de Abril, do ar concentrado da minha mãe, de mim ao lado dela orgulhosa do seu papel naquele dia e de como, anos mais tarde, à primeira oportunidade, exerci também o meu direito e dever de cidadã.

E sem adiar mais, coloquei a minha vestimenta de mulher emancipada, meti pés ao caminho e fui decidir o futuro do meu país!


2 comentários: