30 de janeiro de 2014

Gwydion, o Mago




Deus gaulês das mudanças, da magia, da cura e das ilusões, tem como símbolo um cavalo branco.
Como guerreiro, foi muito temido porque fazia uso da magia para enganar os seus inimigos.
No entanto, ele foi um mestre civilizador. Diz-se que foi ele quem descobriu o alfabeto ogâmico, uma língua Celta antiga, de 20 letras em que cada uma estava associada a uma árvore. Este alfabeto era usado por alguns magos celtas.
Ele era também um grande contador de histórias e difusor das artes. Talvez por isso, seja o regente da poesia e da música.

Este foi o Deus escolhido para ilustrar a carta de tarot "O Mago" por Anna-Marie Ferguson, no baralho "The Llewellyn Tarot".
São estas cartas, que acho lindíssimas, que uso para ilustrar a minha publicação diária de tarot na página do Facebook com o mesmo nome do Blogue. A carta do Mago, foi a que saiu ontem e hoje, repetidamente e porque acredito que nada acontece por acaso, aqui a deixo para vocês com toda a sua magia.

Com o Mago e com a Maga aqui.

Sem comentários:

Enviar um comentário