17 de fevereiro de 2017

Lua em Escorpião



Quem tem a Lua em Escorpião que ponha o dedo no ar! ;)

Pois, é lá que a Lua se encontra de momento. Como não demora mais que dois dias a atravessar cada signo, este posicionamento não passa de uma passagem, que ocorre a cada mês.

É sabido que este não é dos posicionamentos astrológicos mais “bonzinhos”. Conhecem aquela velha expressão de “estar com a pulga atrás da orelha”? É a Lua no signo de Escorpião. Mas não pensem que esta Lua é só ciúme, possessividade, desconfiança e mais um rol de desgraças. Ela é também uma Lua muito poderosa. Intensa. Intuitiva. Uma observadora nata de tudo o que a rodeia e quando gosta, envolve-se a 100% nas relações. Quando quer muito algo, vai fundo e a sua força emocional transforma-a em força física.

Mas atenção! Que não lhe queira meter água na fervura, porque quando entra em ebulição é como uma panela de pressão. Vai fervendo no interior e atinge tal intensidade que é capaz de queimar tudo e todos, mesmo que à superfície aparente frieza. Por isso, o melhor, é deixar esfriar antes que lhe salte a tampa.

Para quem tem este posicionamento astrológico, não são poucas as vezes ao longo da vida, que vem a arrepender-se das atitudes mais intempestivas, das cenas de ciúmes, das atitudes possessivas, mas as quais tem dificuldade em evitar, tal é a intensidade com que as vive.

Não é fácil controlar este seu lado negativo, mas a consciência deste facto é meio caminho andado para aprender a lidar com isso e canalizar essas emoções para direcções mais positivas. 



                                                                  Foto: Leica Oskar Barnack Award

Sem comentários:

Enviar um comentário